sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Quem está na luta agora está no DCE!


Após 14 meses sendo dirigido por uma Comissão Gestora o DCE-Ufal volta a ter uma gestão eleita pelos estudantes: “Amanhã vai ser outro dia”! [clique na imagem ao lado para conferir o resultado detalhado]

A chapa vencedora, composta por militantes do PSTU, estudantes independentes e nós, do grupo Além do Mito, venceu o pleito sem maiores dificuldades: dos 4817 votos, a chapa 1 (Amanhã vai ser outro dia) obteve 2952 votos, a chapa 2 (Pra balançar o chão da praça) 80 votos, e a chapa 3 (Correnteza) 1646 votos. Brancos e nulos totalizaram 35 e 104 votos, respectivamente.

Uma vitória nesses moldes, uma verdadeira “lavada”, um reconhecimento da representatividade que temos por parte dos estudantes, com 61,28% dos votos, nos dá ainda mais disposição para lutar em defesa da universidade pública, contra as reformas neoliberais do governo Lula e contra a repressão que o movimento estudantil vem sofrendo desde a aprovação do Reuni, em dezembro do ano passado.

Mas a facilidade no resultado numérico divulgado pós-apuração não se refletiu durante a realização da eleição. O processo foi longo e conturbado, iniciado após o fim da aprovação do Regimento Eleitoral, em maio. A eleição estava inicialmente marcada para 10 e 11 de setembro, mas devido aos problemas provocados pela chapa “Correnteza”, que não se inscreveu no período regimental e procurou conturbar o processo, a mesma foi suspensa até que o Conselho de Entidades de Base (CEB) se reunisse para resolver o impasse.

Somente na segunda convocação do Conselho, em 2 de outubro, o CEB foi conseguir se reunir com quorum mínimo de entidades de base presentes, deliberando novas datas para a eleição: 4 e 5 de novembro.

Pouco tempo antes da eleição, sem ter afixado nenhum cartaz ou distribuído panfletos, a chapa “Pra balançar o chão da praça” acabou se retirando e o atingimento do quorum, que cresceu com o novo campus da Ufal no interior, acabou se tornando um problema, visto que só haveria duas chapas para arcar com toda a logística da eleição.

Entretanto, após muito esforço das chapas 1 e 3 nos dois dias de eleição, o quorum acabou sendo atingido e depois de 14 meses o DCE-Ufal voltaria a ter uma gestão eleita pela sua base: restava apenas, após os dois dias de votação, a apuração e divulgação do resultado final.

Mesmo assim os problemas permaneceram presentes. Com uma derrota iminente, a chapa “Correnteza” tentou implodir a contabilização dos votos e ameaçou se retirar do processo, suspendendo por algumas horas a contagem. Sem argumentos para se manter contrária a apuração dos votos, voltaram atrás e após cerca de 22 horas do fechamento das urnas o resultado final foi divulgado.

A nossa vitória com a chapa “Amanhã vai ser outro dia” traz a expectativa de que o DCE-Ufal volte a ser uma entidade combativa e presente no dia a dia dos estudantes, coisa que não víamos há tempos, já que a última gestão da entidade foi praticamente nula. Numa conjuntura onde os estudantes vem sendo processados pela Polícia Federal e pela Ufal por lutarem contra o Reuni, essa vitória representa o renascimento dos enfretamentos entre capital e trabalho, tão presentes na conjuntura da sociedade e da própria universidade, e ao mesmo tempo velados por discursos conciliatórios.

É uma grande expectativa e faremos todo o possível para atendê-la!

A posse de nossa gestão será marcada em breve, após a divulgação oficial por parte da Comissão Eleitoral, num evento festivo ou mesmo em reunião do CEB a ser marcada pela Comissão Gestora. Todos são bem-vindos a juntarem-se a nós para compartilhar essa experiência!

Para ver a matéria da gazetaweb sobre as eleições, clique aqui.

Para ver a matéria da ascom da Ufal sobre as eleições, clique aqui.

4 comentários:

Jorge Lucas disse...

Que bom que voes ganharam, estava torcendo por voces :D

Eli Magalhães disse...

e é, né?

Jorge Lucas disse...

Aham, me falaram que na coordenação de meio ambiente só tem gente responsável :D

Mário Júnior disse...

Ai ai... crianças, comportem-se!